Projovem e Projovem Urbano PDF 

Projovem Adolescente:

“Conhecimento e oportunidade para todos”

imagem_projovem_adolecente
.
imagem_projovem_adolecente_2

O Projovem Adolescente é uma das quatro modalidades do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem) que atende exclusivamente a faixa etária de 15 a 17 anos. É um serviço sócio-educativo, que integra as ações de Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

O objetivo do ProJovem é complementar a proteção social básica à família, criando mecanismos para garantir a convivência familiar e comunitária. Além de criar condições para a inserção, reinserção e permanência do jovem no sistema educacional.

O ProJovem Adolescente, é um serviço sócio-educativo destina-se aos jovens: pertencentes a famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF); egressos de medida sócio-educativa de internação ou em cumprimento de outras medidas sócio-educativas em meio aberto, conforme disposto na Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 - Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA);

em cumprimento ou egressos de medida de proteção, conforme disposto na Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990; egressos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI); egressos ou vinculados a programas de combate à violência, ao abuso e à exploração sexual.

Em Frutal 175 adolescentes de 15 a 17 anos freqüentam o programa em horário alternado: vespertino e matutino. É obrigatório a freqüência escolar. Eles recebem reforço escolar, aulas de cidadania, dança, artesanato, violino, culinária, natação, horta e confecção de fraldas geriátricas para doação. Também são atendidos 30 adolescentes no Distrito de Aparecida de Minas.

A coordenadora do ProJovem, Kênia de Fátima Graciano Nogueira, conta que os resultados colhidos são os melhores possíveis. Segundo ela, é visível a mudança dos jovens logo nos primeiros dias do programa. “O resultado é muito positivo”, afirma.

Um dos pontos que chama a atenção da coordenadora é o nível de aceitação do projeto, pois jovens que chegam ao programa com a reclamação de mau comportamento na escola, mudam a partir do ProJovem tornando-se alunos exemplares. “Temos técnicas de trabalhos diferenciadas, então o comportamento deles melhora significativamente”, ressalta.

Kênia relata que umas das atividades desenvolvidas no ProJovem é a convivência no mercado de trabalho, oferecida através da aula de sociologia com o tema “Como lidar com o mercado de trabalho”. “Eles aprendem a lidar com as diferenças, porque vão conviver com diversas pessoas”, comenta. Na opinião da coordenadora, a pessoa pode ser muito talentosa, mas se não tiver boa convivência no ambiente de trabalho, será difícil manter o emprego.

Depoimentos de jovens que freqüentam o ProJovem Adolescente:

“Para mim o ProJovem é muito importante porque ajuda as pessoas que as vezes estão na rua fazendo alguma coisa de errado e aqui tem oportunidade de ter aulas de artesanato, dança e várias outras atividades. Antes de vir para cá, quando eu saída da aula ficava em casa, sem fazer nada. A partir do momento que entrei no Projovem minha vida mudou muito, estou mais preparado para vida, também fiz muitas amizades durante o tempo que estou aqui”. Diérotti Natal Silva de Oliveira, 17 anos – Princesa Isabel

“Tem um ano que estou no programa, aprendi fazer crochê, artesanato, tenho aula de dança, também temos aula de sociologia, então aprendi muitas coisas. Hoje não consigo imaginar minha vida sem o ProJovem, aqui fiz várias amizades, conheci muitas pessoas boas. Antes eu ficava em casa vendo televisão, as vezes ia para a cada das minhas colegas, então, era escola, casa e amigos, e agora tenho o ProJovem que toma boa parte do meu tempo”. Kaline Monique Souza de Abreu, 16 anos – Jardim das Laranjeiras



Projovem Urbano

imagem_projovem_urbano

Prefeitura lança projeto educacional com incentivo financeiro

Promover a conclusão do ensino fundamental e a qualificação profissional para jovens com idade entre 18 a 29 anos. Este é o objetivo do programa de inclusão social Projovem Urbano, um dos maiores já vistos em Frutal, lançado pela Prefeitura através da Secretaria Municipal de Promoção Humana, numa parceria com o governo estadual e federal. O novo projeto, iniciado no dia primeiro de outubro, vai até março de 2011. O programa é voltado especificamente para jovens na faixa etária citada acima e que, apesar de alfabetizados, não concluíram o ensino fundamental.

O ProJovem Urbano tem como finalidade elevar o grau de escolaridade visando ao desenvolvimento humano e ao exercício da cidadania, por meio da conclusão do ensino fundamental, de qualificação profissional e do desenvolvimento de experiências de participação cidadã.

Para participar do ProJovem Urbano o candidato deve ter entre 18 e 29 anos no ano da matrícula, saber ler e escrever e não ter concluído o ensino fundamental (8ª série). O programa tem duração de 18 meses e oferece formação no ensino fundamental, cursos profissionais, aulas de informática e auxílio de R$ 100,00 por mês. Além de concluir o 1º grau o aluno sai com formação técnica. Em Frutal os cursos estão sendo ministrados nas escolas municipais Vicente de Paulo e Cândida Arantes Carvalho. Cerca de 300 jovens que não tiveram oportunidade de estudar no tempo certo, estão tendo oportunidade com o programa.